Elas no comando – As mulheres motociclistas estão ganhando espaço

Elas no comando – As mulheres motociclistas estão ganhando espaço

18 de junho de 2020 1 Por Ilma Ferreira

Empoderamento feminino – Nunca na história as mulheres estiveram tão no comando, como nos dias atuais.

Cada dia mais elas tem tomado seus lugares em todos os âmbitos, inclusive os mais masculinos, como no caso do mundo duas rodas.

E é com muito orgulho que escrevo esse artigo!

Elas no comando!

Hoje falamos de mais de 7,5 milhões de mulheres motociclistas habilitadas, só no Brasil. E isso tem ficado cada vez mais evidente no trânsito.

De acordo com o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), houve um crescimento de 89,2% de mulheres habilitadas em 8 anos. Em 2011 eram cerca de 4.013.566 mulheres com carteira de habilitação categoria A, Já em 2019, esse número subiu para 7.594.452. Uma alta de quase 90%.

Outro dado importante levantado no estudo, é a faixa etária, a grande maioria está acima dos 40 anos. Nos últimos 8 anos houve uma aumento de 127% nas motociclistas de 41 a 50 anos.

Saltando de 572.039 em 2011. Para 485.379 habilitadas, em 2019.

De acordo com a Abraciclo, os fatores que contribuem para esse aumento são a tecnologia, a praticidade de locomoção e os modelos mais pensados para o público feminino.

“As empresas entenderam que vale a pena investir nesse público que é fiel e exigente. Além disso, a motocicleta é muito mais econômica e tem baixo custo de manutenção. Ou seja, ela se torna um veículo prático e viável para o dia a dia”, diz Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo.

Motociclismo como estilo de vida

Desbravando esse novo mundo Duas Rodas, resultando da praticidade de locomoção. economia e liberdade, muitas estão se apaixonando e adotando como estilo de vida.

A grande maioria ainda opta pelas cubs e scooters. Mas não se engane, tem as que preferem as altas cilindrada, competições, eventos, falar sobre motos e criar um ambiente favorável para elas em todas as frentes que envolvem motocicleta.

Para muitas, o motociclismo vai além, e tem se tornado um estilo de vida.

Nomes como Bruna Wladyka, responsável por um dos maiores eventos do motociclismo nacional (BMS Motorcycle) e idealizadora do movimento #ElasPilotam. Que tem como objetivo encorajar mulheres apaixonadas por motos a pilotarem a sua própria liberdade.

Outro nome importante no cenário das mulheres motociclistas no Brasil, é
Amanda Pagliari, criadora do site Mulheres de Moto e apresentadora do canal do Youtube MotoPLAY. Criadora de conteúdo sobre duas rodas, traz conteúdo todo mês com vídeos de testes de motos, dicas de manutenção e muito mais.

Motociclismo como hobby

Aproveitamos esse tema e pedimos para uma motociclista nos dar um relato sobre qual a sua experiência com o mundo duas rodas, o que a levou escolher o motociclismo como hobby, etc.

A fotógrafa Kamila Klemtz, de 31 anos, também faz parte desse grupo de mulheres.

Elas no comando – Kamila Klemtz

“Sempre gostei de aventuras, esportes e coisas radicais. Com 12 anos aprendi a pilotar moto.
O vento no rosto, sensação de pura liberdade. Com o tempo conheci as trilhas e me arrisquei nas corridas de velocross. Tudo isso sempre foi me deixando mais apaixonada pelas duas rodas.
Só de lembrar a sensação, o frio na barriga das largadas das corridas me arrepiam até hoje.
Este mundo sempre foi mais masculino, fui me adaptando em meio aos homens , nas corridas com a categoria “batom” dedicada apenas as mulheres, nosso espaço foi crescendo e sendo mais respeitado.
Mas mesmo assim é um meio em maior quantidade masculino que deve ser conquistado pouco a pouco cada dia!”

ELAS NO COMANDO: ELAS MOSTRAM QUE PARA MOTO NÃO HÁ GÊNERO

Veja também: Dicas de roteiros para viagem de moto pelo Brasil

Elas também estão no esporte

O número de mulheres participando de competições também tem crescido consideravelmente no Brasil.

Exemplo disso é Bárbara Neves, primeira mulher a integrar o time oficial na história da Honda Racing Brasil. Bárbara é a atual bicampeã brasileira do Enduro da Independência e é bicampeã latino-americana de Enduro.


Bárbara Neves (Pilota Honda Racing)

Elas tem dominado essa área, assim como tantas outras. E a nossa torcida é para que conquistem seu espaço e sejam sempre muito respeitadas!